Porto Alegre recebe o Festival El Mapa de Todos

Por André Luiz Costa (@RollouRock) – radiocultfm.com

Acontece nos dias 6, 7 e 8 de novembro, em Porto Alegre, a terceira edição do Festival El Mapa de Todos, que une artistas de toda a América Latina, incluindo o Brasil, claro. O evento é comparado a festivais consagrados como “Rock al Parque”, da Colômbia; “Vive Latino”, do México; e “Ciudad Emergente”, da Argentina. Boa oportunidade para conhecer o trabalho dos nossos vecinos.

O tema deste ano do festival será “Por um Novo Peabiru”, em referência ao caminho pré-colombiano que ligava o continente sul americano  desde o Sul do Brasil até Machu Picchu, no Peru, e outros países da região. Além da música, quem estiver por lá vai poder assistir uma palestra da jornalista Rosana Bond, autora do livro “História do Caminho de Peabiru”, e a exibição do documentário “Nas Paredes da Pedra Encantada”, sobre o disco “Paêbirú – O Caminho da Montanha do Sol”, de Lula Côrtes e Zé Ramalho, com direito a palestras de seus diretores, Cristiano Bastos e Leonardo Bomfim. No local também rola o seminário “Integração pela Música”, que vai abordar, entre outros temas, as “Bacias Culturais”, pra discutir os pontos de conexão das fronteiras do Brasil com os países vizinhos, e as “Políticas Públicas para a Integração”, sobre o papel do Estado na promoção do intercâmbio cultural musical. Entre os convidados estão: os produtores Gerardo Rosado, do selo Discos Intolerância; Gabriel Turielli, do selo e festival ContraPedal, do Uruguai; e Pamela Leme, da Produtora Alavanca do Brasil. Segundo o curador do festival, Fernando Rosa, “com esse tema (“Por um Novo Peabiru”) pretendemos resgatar a idéia de que a América do Sul já foi um continente integrado em suas diferenças de territórios, de culturas e de línguas”.

Agora vamos falar de música: o El Mapa vai contar com a 15 artistas, sendo oito nacionais e sete de língua espanhola. O line up conta com Bareto (Peru), Juan Cirerol (México), Algodón Egipcio (Venezuela), Dënver (Chile), NormA (Argentina), El Cuarteto de Nos, Franny Glass & Banda (Uruguai), e os brazucas Autoramas, Apanhador Só, Esteban, Bidê ou Balde, Medialunas, The Tape Disaster, Fábrica do General Bonimores e o clássico grupo Nenhum de Nós, que fecha o festival com um show em espanhol destacando clássicos do rock e da música latina. Confira abaixo a programação completa e pinte por lá!

6 de novembro – terça-feira

Fábrica do General Bonimores (Brasil)

Algodón Egípcio (Venezuela)

Esteban (Brasil)

Franny Glass & Banda (Uruguai)

Apanhador Só (Brasil)

7 de novembro – quarta-feira

The Tape Disaster (Brasil)

NormA (Argentina)

Bidê ou Balde (Brasil)

Bareto (Peru)

El Cuarteto de Nos (Uruguai)

8 de novembro – quinta-feira

Medialunas (Brasil)

Dënver (Chile)

Autoramas (Brasil)

Juan Cirerol (México)

Nenhum de Nós (Brasil)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s